Veja como a mídia online pode alavançar o seu negócio! - Anuncie com a FolhaPE ADS - Blog e Serviços
Blog

Veja como a mídia online pode alavançar o seu negócio!

agosto 10, 2018
Tempo de leitura 6 min

Mídia online é o conjunto de plataformas, ferramentas e canais digitais que permitem às empresas e pessoas levarem suas mensagens a públicos específicos. É diferente das mídias offline, cujas segmentações são mais aleatórias.

Sua empresa utiliza todo o potencial que a Web pode gerar em seus negócios? De acordo com pesquisa do Boston Consulting Group, 66% dos brasileiros já compraram produtos ou serviços online.

Por outro lado, na contramão do que o mercado mostra, apenas 25% das empresas direcionam seus investimentos para o marketing digital. A título de comparação, nos Estados Unidos esse percentual é de 44% e na Inglaterra sobe para 61%.

Considerando o enorme espaço que o universo das mídias virtuais oferece, é mais do que necessário conhecer seu funcionamento para explorar com acerto as modalidades de exposição em sites especializados. Vá em frente, continue lendo e saiba de que forma utilizar as plataformas digitais com sucesso!

Razões para investir em mídia online

Os resultados proporcionados por conteúdo e anúncios online são bem reais. A pesquisa do BCG comprovou que 6% dos brasileiros clicam em Ads — os conteúdos pagos, sinalizados nos resultados com cores específicas quando fazemos uma busca.

Vamos considerar a taxa de conversão média em um anúncio online, que é de cerca de 3%. Segundo a pesquisa do BCG, se a sua empresa criar uma campanha que atinja 30 mil pessoas, 1.800 clicarão em seus anúncios.

Assim, podemos dizer com segurança que 54 pessoas (3% de 1.800) serão convertidas. Portanto, tomarão a iniciativa de comprar, assinar uma newsletter ou outro objetivo traçado. Atingir 30 mil pessoas, pela internet, não é difícil. Um conteúdo assinado em um portal especializado, por exemplo, alcança esse quantitativo com valores muito baixos para a realidade de uma empresa de médio porte.

Portanto, os números apontam para o alto potencial de retorno sobre investimento da mídia online. Outro dado importante: no Brasil, o incremento no setor foi de 28% nos últimos sete anos, indicando um franco crescimento.

Tendo em vista o recuo do consumo no Brasil, é preciso considerar a importância de que seu negócio deve se fazer presente nas plataformas digitais e portais de informação? Se ainda não está convencido disso, podemos destacar as vantagens que essa modalidade de marketing apresenta, comparada com as mídias tradicionais.

Maior visibilidade

Anúncios na TV são ainda uma forma de se alcançar um grande público, com resultados relativamente positivos. Contudo, uma pesquisa do Ericsson ConsumerLab aponta que o telespectador “fiel”, aquele que acompanha a programação televisiva por mais tempo, tende a ser cada vez mais raro. O decréscimo nesse tipo de público, entre 2010 e 2020, deverá ser de 50%. Portanto, é uma audiência que tende a desaparecer.

Há ainda outras desvantagens em relação aos anúncios televisivos. Em geral são muito caros, logo, inviáveis para empresas de pequeno e médio porte. Além disso, a mensuração dos resultados não está nas mãos do anunciante. É o canal quem controla os números sobre quantas pessoas foram impactadas.

É por conta disso que os canais digitais oferecem muito mais visibilidade. Além de permitirem que você também esteja no controle da audiência, eles são mais efetivos ao selecionar o tipo de público que será atingido por suas ações de marketing, tudo com muito mais precisão.

Se anunciar em um programa de TV matinal pode ser indicado para quem quer vender para mulheres donas de casa entre 35-50 anos, o conteúdo digital permite segmentar de maneira ainda mais refinada esse público.

Além dessas características demográficas, você poderá, por exemplo, tornar-se visível para pessoas que acessam com frequência sites relacionados ao tipo de produto ou serviço que sua empresa vende.

Em resumo, é uma visibilidade maior e muito mais qualificada do que a que a mídia offline permite alcançar.

Custo-benefício superior

Destacamos no começo que, com o apoio de canais online, é possível atingir um público amplo com investimento muito baixo, considerando até mesmo os padrões de uma PME.

Dependendo do tipo de negócio, por menos da metade do que seria gasto com panfletos, pode-se chegar às pessoas de forma menos invasiva, ou seja, com muito mais aceitação.

Pense, por exemplo, na sua reação ao caminhar pela rua e receber um folder promocional. A resposta imediata, na melhor das hipóteses, é dar uma rápida vista de olhos para jogar o material fora o mais rápido possível. Raramente guardamos um panfleto, não é mesmo?

Já o conteúdo online pode ser exibido no momento certo, maximizando as chances de ser bem recebido. Isso é possível graças aos dados extraídos com ferramentas de Analytics.

Vamos imaginar que você administre uma empresa de cosméticos. Não seria muito mais interessante tornar-se visível em um site, portal ou aplicativo voltado para o nicho certo, com alto potencial de influenciar decisões?

Dessa forma, o custo-benefício das mídias online é muito maior, porque faz com que sua empresa apareça para públicos já identificados, em condições de maior receptividade e a um custo muito mais baixo.

Resultados mais rápidos

Uma outra possibilidade que o investimento em marketing online gera é a rapidez nos resultados. Vivemos o tempo dos influenciadores digitais, ou seja: pessoas, canais ou grupos midiáticos que carregam consigo credibilidade e grande poder de persuasão.

Pense no seguinte: o impacto de um anúncio resultante de uma busca no Google é muito diferente daquele anúncio que se vincula a um conteúdo em um portal de notícias renomado ou o canal de um blogueiro/blogueira famoso.

Imagine os seguintes exemplos: você está lendo uma notícia sobre o aumento na taxa de juros e uma oferta para investir no Tesouro Nacional aparece em um espaço estratégico. Ou pode ser que esteja acessando um site com dicas de beleza, em que sua empresa aparece como parceira em uma ação cujo objetivo é falar às mulheres “Plus Size”.

Como criar corretamente e evitar erros

Em consequência da ligação com assuntos de interesse, vincular produtos e serviços com conteúdo relevante gera reações muito mais rápidas do que anúncios veiculados apenas na rede de pesquisa.

Para isso, suas ações devem ser planejadas com bastante cuidado. Não deixe de elaborar um briefing com objetivos, orçamento e quais tipos de canais serão utilizados. Um conteúdo fora de contexto pode ser um verdadeiro “tiro no pé”. Portanto, escolha criteriosamente os canais que sua empresa terá como parceiros.

Parcerias com influenciadores digitais também devem ser igualmente planejadas. É preciso antecipar possíveis reações do público, da mesma forma que deve ser feita uma avaliação sobre o perfil do influenciador. Será que ele ou ela de fato agrega valor à sua marca? Mais vale uma mensagem passada para 100 pessoas, mas com impactos positivos para sua empresa, do que uma polêmica destrutiva veiculada para um milhão de pessoas, certo?

Tenha atenção, também, ao estilo de linguagem e às imagens que serão utilizadas, para evitar ruído na comunicação. Na dúvida, uma empresa especializada em mídia online pode ser a resposta mais segura. Com apoio profissional, fica muito mais fácil chegar às pessoas certas e, assim, alavancar seus resultados.

Fique sempre por dentro do fascinante mundo das notícias e do conteúdo relevante, assine nossa newsletter e receba artigos que fazem a diferença!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up