O que é marketing online e como ele pode ajudar a sua empresa? - Anuncie com a FolhaPE ADS - Blog e Serviços
Blog

O que é marketing online e como ele pode ajudar a sua empresa?

dezembro 27, 2018
Tempo de leitura 6 min

O marketing online, mais conhecido como marketing digital, já está na pauta das empresas mais bem-sucedidas do mercado há algum tempo. Por outro lado, no Brasil, esse é um tema ainda muito pouco explorado, pelo menos no nível de negócios.

Uma pesquisa do Boston Consulting Group (BCG), em parceria com o Google, revela um dado surpreendente. Segundo o estudo, 98% das empresas brasileiras não aproveita todo o potencial de retorno que o marketing pela internet é capaz de gerar.

Se você entende que seu negócio faz parte desse imenso grupo que ainda desconhece os efeitos positivos das estratégias digitais, prossiga na leitura. Temos informações que são do seu interesse!

O que é marketing online?

Uma definição mais precisa do marketing online aponta para toda a ação de venda precedida de uma estratégia na internet. As empresas usam plataformas digitais para divulgar produtos físicos e serviços integradas aos canais offline.

Nesse aspecto, um e-commerce, por mais estruturado que seja para operar digitalmente, não vai gerar resultados se suas operações offline também não estiverem “azeitadas”. Afinal, toda venda de mercadorias deve contar com infraestrutura para entregas e para o pós-venda. O mesmo vale para serviços, principalmente os que são prestados presencialmente.

Veja a seguir as vantagens que o marketing digital oferece e porque ele é tão efetivo na geração de oportunidade de negócios para todos os segmentos.

O marketing online é mensurável?

Embora as ações offline até permitam algum tipo de mensuração, o fato é que, no marketing online, as métricas podem ser aferidas com muito mais precisão. Uma coisa é anunciar em um jornal impresso, com tiragem de X exemplares e saber por terceiros que 80% dos jornais foram vendidos.

Outra é montar um site e ter algumas ferramentas como o Google Analytics e Search Console e saber, em tempo real, dados como:

  • números de visitantes, online e por períodos de até 90 dias;
  • taxa de rejeição, ou quantas pessoas entram e saem do site imediatamente;
  • comportamento das pessoas dentro do site;
  • geolocalização;
  • dados demográficos.

Desta forma, você tem muito mais controle sobre os resultados de suas ações, o que aumenta sua capacidade de antecipar soluções conforme as métricas mais importantes. Se o número de acessos detectado for baixo, você pode mudar sua estratégia de conteúdo. Ou pode ser que sua empresa precise melhorar posições na busca orgânica, o que também demanda esforços na produção de artigos, vídeos e outros formatos de conteúdo digital.

O marketing online agrega valor?

Você certamente já deve ter ouvido falar do conceito de branding. Ele trata de aspectos como reconhecimento de sua marca no mercado, relação que as pessoas têm com sua empresa e outros elementos intangíveis. Por isso, demandam especial atenção em suas práticas de marketing, uma vez que uma boa reputação online é fundamental para atração e retenção de clientes.

Considere também outra linha de ação muito importante, o marketing de conteúdo. Das modalidades que você pode explorar no marketing online, poucas agregam tanto valor para seus clientes. Isso porque, pelo conteúdo relevante, você estará não apenas mostrando produtos ou serviços, mas educando as pessoas para fazer escolhas melhores.

Faça um exercício de empatia e coloque-se no lugar do seu cliente. Não seria muito mais proveitoso se, antes de oferecer uma mercadoria, sua empresa esclarecesse tudo que ela pode fazer? Antes das vendas, considere que sua empresa é constituída para ajudar pessoas a solucionar problemas ou atender a necessidades, das básicas às mais sofisticadas.

Por mais que se diga que o marketing ,inclusive online, só existe para “empurrar” produtos, na verdade a prática mostra o contrário. Toda atividade produtiva, por mais simples que seja, existe porque, em algum lugar, existe alguém precisando de ajuda.

O marketing online permite segmentação?

A segmentação de clientes em marketing e a mensuração de resultados não são novidades. Desde os primeiros anúncios nos jornais impressos matutinos do século XIX, as empresas sabem que determinadas mídias são mais indicadas para falar com públicos específicos.

A evolução natural dos meios de comunicação naturalmente tornou esse processo de filtragem de público muito mais elaborado. No marketing digital, temos possibilidades que soariam até como “bruxaria” em outros tempos.

O que dizer, por exemplo, dos anúncios que visualizamos contendo ofertas de produtos que jamais expressamos vontade de comprar? O “truque” nesse caso, é a conhecida coleta de dados pessoais com base nos cookies armazenados em nossos computadores e celulares.

A propósito, os cookies, junto a outros recursos de identificação de usuários, servem também para outro formato segmentado de publicidade, o conteúdo patrocinado.

Em linhas gerais, são artigos aprofundados, publicados em sites e blogs de alta credibilidade voltados à promoção de marcas, mas de caráter informativo. São muito mais efetivos, se comparados com as tradicionais campanhas de anúncios em plataformas como o Adwords, com uma segmentação superior.

Assim sendo, o marketing online amplia a capacidade que seu negócio tem de se dirigir às pessoas certas, na hora certa e com abordagem ajustada ao que seu público pede. Lembre-se de que, quanto mais precisa a segmentação, melhor será o relacionamento entre sua marca e potenciais compradores.

Por que juntar o marketing online e offline?

Como já destacamos, as estratégias de marketing digital precisam estar alinhadas com as suas operações, o que implica integrar as práticas online e offline. Nesse sentido, considere outro elemento muito importante, o comportamento do consumidor moderno, conhecido como cliente omnichannel.

Sua principal característica é a utilização de múltiplos meios de comunicação para fazer compras e se comunicar com suas marcas favoritas. O omnishopper — outra forma de se referir ao cliente omnichannel — por ter bastante acesso à informação e estar sempre conectado, é mais exigente que o cliente comum. Por isso, sua empresa deve estar preparada para integrar o atendimento e as vendas pela Web com os canais tradicionais.

Uma abordagem de marketing online que esteja conectada aos métodos tradicionais de venda certamente gera resultados muito mais consistentes. Não deixe de investir em ambos os segmentos, sua empresa e seus clientes só têm a ganhar!

E se sua empresa é estreante nas técnicas de marketing online, nossa sugestão é que comece pela leitura do artigo em que explicamos em detalhes como escolher os objetivos em uma estratégia de marketing digital! Até o próximo artigo!

 

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up