Por que o mindset digital é tão importante para empresas? - Anuncie com a FolhaPE ADS - Blog e Serviços
Blog

Por que o mindset digital é tão importante para empresas?

março 19, 2019
Tempo de leitura 6 min

Inbound marketing, SEO, Big Data…muitos termos, conceitos e novos recursos cuja aplicação depende do mindset digital, espécie de cultura que surge em função da Transformação Digital. Sua tradução livre seria “configuração mental”.

Na verdade, adaptar-se às mudanças tecnológicas que vêm afetando negócios de todos os tipos é sempre uma preocupação mais ou menos presente. Afinal, até mesmo o empresário mais conservador já deve ter pensado “preciso aprender esse negócio de internet”.

Em 2017, o relatório Global Human Capital Trends, da Deloitte, apontou que, para 88% das empresas, o futuro depende da adaptação a uma economia cada vez mais digitalizada. Esta é uma prova de que existe uma consciência em torno da necessidade de difundir processos, métodos e práticas baseadas na informática.

No entanto, para implementar uma cultura que valorize a tecnologia, é fundamental conhecer os benefícios que ela gera, certo? Trataremos disso agora, acompanhe.

Melhora a produtividade

Um dos aspectos levantados pelo relatório da Deloitte foi o descompasso entre a adoção da tecnologia como solução e a mentalidade predominante nas empresas. Em outras palavras, as pessoas sabem que precisam de coisas como Cloud Computing, mas não sabem como utilizá-la porque não desenvolveram o hábito.

Assim sendo, existe a consciência de que os recursos digitais auxiliam muito, e por não saber como empregá-los em suas rotinas, a produtividade acaba sendo reduzida. No Brasil, essa percepção é reforçada, ainda, por outro dado levantado pela Deloitte. De acordo com seu relatório, apenas 6% das empresas nacionais entendem ter um mindset digital.

Negligenciar a tecnologia e o avanço online é um erro grave pela perspectiva da produtividade. É o caso, por exemplo, dos escritórios contábeis que ainda permanecem atrelados ao papel, enquanto o fisco está em avançado processo de digitalização.

Afinal, uma coisa é escrever em formato impresso um Livro Diário, outra é enviar dados contábeis em formato eletrônico. Tudo porque em apenas um arquivo .XML, poupa-se dinheiro, tempo e esforço que seria empregado na confecção de um livro em papel.

Este é apenas um entre tantos exemplos de como uma cultura empresarial voltada para a tecnologia faz a diferença, tornando as pessoas mais produtivas e otimizando recursos.

Inspira os colaboradores

Veja ainda um outro exemplo, mas de aproveitamento da internet como plataforma de geração de valor. A Airbnb, empresa que hoje apresenta um balanço bilionário, resultou da mentalidade dos seus fundadores, Brian Chesky e Joe Gebbia, voltada sempre para o digital.

Eles sacaram que a internet poderia ser um canal de negócios em grande escala para o segmento de turismo, em função da demanda não atendida pelo tradicional setor hoteleiro.

Sendo assim, os criadores do Airbnb podem até ser considerados os precursores de um conceito já amplamente difundido, o de economia compartilhada. São verdadeiros exemplos e servem como inspiração para diversas startups que sonham em crescer com base nesse conceito.

Quando você se liberta de antigos métodos, sinaliza para seus pares e colaboradores que investir em inovação e ter ótimos resultados são coisas que se complementam. E você sabe melhor do que ninguém que pessoas inspiradas têm muito mais motivação. Além disso, sabe também que motivar é um dos maiores desafios em empresas de todos os segmentos.

Facilita análises de cenários

Imagine, por outro lado, ter que fazer uma análise SWOT sem o apoio da internet? Seria muito mais difícil obter informação útil e que servisse para tomar decisões, concorda? Isso porque esta ferramenta empresarial serve para mapear pontos fracos e fortes, oportunidades e ameaças, os primeiros internos e os dois últimos externos. Sem recursos digitais, seria preciso um esforço muito maior para reunir tanta informação.

O mindset digital é a base para análises mais orientadas por dados e menos sujeitas ao sempre perigoso “achismo”. Ainda, nas empresas com esta mentalidade, o apego a modelos de negócios já superados ou prestes a se esgotar é menor.

A capacidade de analisar cenários é muito importante, por exemplo, para identificar em que ponto se encontra o ciclo de vida de um produto. Não são poucas as empresas que se veem surpreendidas por declínio nas vendas, apenas porque não consideraram que as coisas podem mudar.

A questão é que muitas organizações condicionam o seu sucesso a um modo de produzir apenas. Apegadas a métodos, produtos e conceitos que um dia geraram bons resultados, pensam que será assim para sempre, bastando apenas manter o que já se faz. Essa é uma concepção de negócios contrária à que predomina em empresas de mindset digital.

Há muitos exemplos de empresas que naufragaram por pensar assim. Podemos destacar a Remington, com suas máquinas de escrever e a Nokia, que ficou para trás depois do iPhone.

Como desenvolver o mindset digital na sua empresa

Veja agora algumas das características das empresas que estimulam uma cultura mais voltada para a digitalização e compare com o que tem sido feito na sua:

  • disruptivas — são capazes de criar modelos de negócios;
  • desmaterializadas — podem operar apenas virtualmente;
  • desintermediadas — não dependem tanto de outsourcing ou de distribuidores;
  • digitalizadas — usam intensivamente a Cloud Computing, Machine Learning, entre outros recursos.

Para introduzir esses conceitos em sua empresa, você pode até recorrer a uma consultoria, afinal, uma opinião de fora é sempre mais isenta e menos sujeita a possíveis vícios internos. Mas, se você decidir tocar o processo por conta própria, deverá investir, primeiramente, no treinamento e desenvolvimento de pessoas. A tecnologia, sozinha, não gera resultados, por isso, é necessário engajar seus colaboradores antes de implementar soluções.

No aspecto material, um bom ponto de partida é desenvolver um sistema ERP sob medida e que atenda às demandas da sua empresa. Um Enterprise Resource Planning é indispensável para integrar diferentes setores e gera economia por reduzir a dependência de mão de obra.

Outra maneira de aderir à Transformação Digital é direcionar suas ações de marketing para plataformas digitais como blogs, redes sociais ou mesmo anúncios digitais. Como vantagem, sua empresa terá maior poder de mensuração e gastará menos, se comparado com mídias offline.

Então, os benefícios de um mindset digital são ou não são atraentes? Não deixe colocar esse assunto em pauta, a sobrevivência do seu negócio pode depender disso!

Gostou de aprender sobre mindset digital? Agora, que tal mostrar seu conhecimento? Compartilhe este artigo em suas redes sociais!

 

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up