Banner online: qual a diferença entre tradicionais, mobile e de alto impacto? - Anuncie com a FolhaPE ADS - Blog e Serviços
Blog

Banner online: qual a diferença entre tradicionais, mobile e de alto impacto?

novembro 1, 2018
Tempo de leitura 5 min

Navegar na internet é uma caixinha de surpresas. Todo tipo de conteúdo pode ser encontrado, mas um deles é quase onipresente: o banner online. Você lê uma notícia, e ali está ele, mostrando produtos, serviços ou uma campanha institucional. Alguns são mais, outros menos chamativos, mas da sua influência não dá para escapar.

Justamente por essa capacidade de se fazer presente é que o uso de banners precisa ser equilibrado, caso contrário, os efeitos esperados podem até se inverter. Vamos ver como fazer isso?

O que é um banner online?

Um banner online pode ser definido como uma peça publicitária para internet. Seu apelo é visual, portanto, mesmo os textos nele contidos são elaborados com grafismos que o destaquem. O formato varia, podendo ser imagens, animações ou gifs.

As dimensões dos banners seguem padrões internacionais, estipulados pela Coalision for Advertising Supported Information and Entertainment  (CASIE) e pelo Internet Advertising Bureau (IAB). Não são os únicos, embora sejam os mais comuns:

  • 88 x 31 Pixels — Micro Button;
  • 120 x 90 Pixels — Button 1;
  • 120 x 60 Pixels — Button 2;
  • 125 x 125 Pixels — Square Button;
  • 120 x 240 Pixels — Banner Vertical;
  • 234 x 60 Pixels — Half banner;
  • 392 x 72 Pixels — Full banner, com barra de navegação vertical;
  • 468 X 60 Pixels — Full banner.

A verdade é que há quem conteste a eficácia dos banners, por entender que eles são, de certa forma, invasivos ou inconvenientes. Por outro lado, também é verdade que os banners não precisam atrapalhar a experiência de navegação.

Quando são integrados ao layout do site, enriquecem conteúdos, oferecendo ao usuário a oportunidade de interagir. De qualquer forma, o formato utilizado pode sim, tornar um banner mais ou menos intrusivo. Vamos conhecer os principais:

Tradicionais

Todo banner elaborado conforme as especificações padrão já destacadas é considerado tradicional. Neles, as imagens e textos podem estar em movimento ou permanecer estáticas, conforme os objetivos da campanha. Um banner para arrecadar fundos para combate à pobreza, por exemplo, pede uma abordagem diferente de um que seja destinado a anunciar produtos de beleza e maquiagem.

Mobile

Os dispositivos móveis, pela experiência de navegação distinta que oferecem quando comparados com PCs, pedem anúncios em formatos e posições ligeiramente diferentes. Uma prova disso é um estudo da Adpiler, em que ficou comprovado que os banners mais eficazes para mobile devem ser posicionados na parte inferior da tela. Lógica inversa foi percebida em Desktop, em que os banners com melhores resultados são aqueles localizados na parte superior.

Alto impacto

Banners de alto impacto são aqueles que provocam mais do que uma impressão visual. As versões tradicionais ocupam geralmente as mesmas posições na tela, conforme os pontos mais acessíveis ao olho humano, o que de certa forma limita seu alcance.

Já a proposta dos anúncios impactantes vai um pouco além. Sua função é não apenas chamar a atenção do usuário para o que está sendo anunciado, mas propor uma ação.

É o caso dos banners que se expandem, ou os que dão acesso a jogos ou pesquisas de opinião. Desta forma, espera-se que gerem mais retorno, já que prometem algo mais do que o acesso a produtos ou serviços.

Na Mídia Direta, os banners de alto impacto são potencializados, em virtude da relação muito mais orgânica entre o conteúdo lido e anúncio. Assim, o usuário é impactado não pelo apelo do banner, mas por entender que há uma relação natural com o que lê ou assiste.

Quais as vantagens?

Os banners online ainda serão, por muito tempo, uma forma de garantir visibilidade na internet a um custo relativamente módico. Mesmo com a redução dos investimentos nos formatos tradicionais, como aponta estudo da agência eMarketer, sempre haverá espaço para uma “bandeira” (banner, em português).

Não duvide do poder de persuasão de um anúncio bem elaborado e contextualizado. Considere as seguintes vantagens:

Reconhecimento de marca

Em função da sua grande capacidade de ser visto, um banner representa a melhor forma de tornar a sua marca reconhecida. Se inserida estrategicamente, facilita a identificação da sua empresa, desde que seja sempre associada a outras marcas que agregam valor.

Nesse caso, vale uma dica: prefira anúncios em Mídia Direta, em que conteúdo e anúncios dialogam de forma natural. Ao contrário de plataformas como Adwords, nesse tipo de mídia você não se arrisca a expor sua marca ao lado de outras não tão prestigiadas.

Alinhamento às últimas tendências

Uma outra vantagem dos banners que não pode ser desprezada é que eles funcionam como um índice de atualização. Eles colocam sua marca em evidência e alinhada aos novos conceitos de marketing. Uma animação ou um banner interativo conversam com seu público, transmitindo a impressão de que sua empresa está atenta e em constante processo de modernização.

Métricas mais claras

Ok, o marketing de conteúdo e a Mídia Direta são, no longo prazo, mais efetivos. Entretanto, a defesa do banner pode ser feita por um aspecto muito importante: a simplicidade de suas métricas.

Enquanto o conteúdo precisa ser avaliado por diversos “ângulos” e cotejando várias métricas distintas, com os anúncios a coisa é mais reta. Uma taxa de cliques (CTR) elevada já é, por si só, um indicador inequívoco de que aquele banner está cumprindo com seus objetivos.

Anúncios segmentados

Embora o uso de anúncios na mídia programática seja o mais comum, é importante considerar que os efeitos dos banners no formato de publicidade nativa fazem valer o investimento.

Um estudo da MDG Advertising, em 2014, já indicava que o formato de banners nativos eram superiores, se comparados com os tradicionais. A intenção de compra, segundo as pesquisas, aumentou em 52%, comparando os formatos.

Já um estudo mais recente da agência Outbrain comprovou que os anúncios nativos geram resultados 18% maiores no segmento B2B, em que o retorno exige sempre esforços de marketing maiores.

Avalie criteriosamente seus objetivos, inclua conteúdo em sua estratégia de marketing e direcione seus investimentos também para a criação de banner online. É uma forma direta e sempre impactante de tornar sua marca reconhecida.

Mantenha-se atualizado sobre o que de mais relevante acontece no mundo do marketing digital. Assine a newsletter da Folha PE e receba em seu e-mail conteúdos que te movem para frente!

Você também pode gostar

Scroll Up